terça-feira, 22 de junho de 2010

Chuvas // Depois do caos, a hora solidário


Gente que perdeu tudo. Que só tem a roupa do corpo. Que não tem o que comer ou beber. O cenário das cidades do interior pernambucano é caótico. Em meio à onda de entidades que estão aderindo ao movimento de solidariedade às vítimas da enchente em Pernambuco, o governador Eduardo Campos também convocou a sociedade para a mobilização. "O que a gente assiste desde a última sexta-feira é a um verdadeiro filme de terror", desabafou.

O governador, que tem sobrevoado os municípios atingidos, disse que os empresários, a imprensa, a igreja e todos os que têm dinheiro precisam ajudar. "Estou emocionado com a solidariedade das pessoas. Gente que perdeu tudo porque foi ajudar outras. É preciso acordar para a situação grave que estamos vivendo. Não é coisa que o governo resolva só. Reconstruir é mais difícil que construir".

Um bom exemplo de ajuda já foi formado e vai priorizar Palmares e Água Preta, por enquanto. É o Comitê Ecumênico, composto por igrejas evangélica e católica, Federação Espírita de Pernambuco (FEP), como apoio das faculdades Maurício de Nassau e Joaquim Nabuco (Grupo Ser Educacional), OAB Pernambuco, Conselho Regional de Enfermagem e Grupo de Apoio Jurídico as Organizações Populares (Gajop).

Alunos dos cursos de saúde serão envolvidos nas ações de prevenção, educação e assistência básica à saúde. Serão arrecadados medicamentos para distribuir à população atingida, haverá distribuição de folders explicativos sobre prevenção de doenças e apoio aos profissionais que atuam nos Postos de Saúde da Família (PSFs) dos municípios e visitação aos domicílios.

Também foram criados um blog (http://soschuvaspe.blogspot.com) e uma conta bancária para doações (Banco do Brasil, agência 3234-4, conta 5633-2).

Fonte: Diario de Pernambuco

Seja o primeiro a comentar

Blog Widget by LinkWithin

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger, Modificado por Leitura de Bolso

TOPO