terça-feira, 28 de maio de 2013

Brasil tem 4 universidades entre 10 melhores da América Latina


No novo QS University Rankings: Latin America, a Universidade de São Paulo se classifica em primeiro lugar pelo terceiro ano consecutivo. Brasil domina com 81 instituições entre as 300 melhores e quatro universidades entre as dez melhores. 44% das classificadas têm menos de 50 anos.
As 300 melhores universidades:
Brasil (81), México (50), Colômbia (42), Argentina (30), Chile (30), Peru (17), Equador (9),Venezuela (8), Cuba (5), Uruguai (4), Costa Rica (4), Paraguai (3), Panamá (5) Guatemala (3), República Dominicana (3) El Salvador (2), Porto Rico (2), Honduras (1).
Ranking de Universidades da QS de 2013: América Latina -- as 10 melhores:
Rank 2013
Rank 2012
Instituição
País
1
1
Universidade de São Paulo (USP)
BR
2
2
Pontificia Universidad Católica de Chile
CL
3
3
Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)
BR
4
6
Universidad de Los Andes Colombia
CO
5
4
Universidad de Chile
CL
6
5
Universidad Nacional Autónoma de México (UNAM)
MX
7
7
Tecnológico de Monterrey (ITESM)
MX
8
8
Universidade Federal do Rio de Janeiro
BR
9
12
Universidad Nacional de Colombia
CO
10
13
Universidade Federal de Minas Gerais
BR
Fonte: © QS Quacquarelli Symonds http://www.topuniversities.com/
"Embora o Brasil domine em nível regional, no contexto global apenas 12 universidades brasileiras estão classificadas no QS World University Rankings. Entre os países do BRIC, o Brasil fica abaixo da China, com 23 universidades, e da Rússia, com 14, mas acima da Índia, com 11", diz o diretor de Administração da QS, Nunzio Quacquarelli.
O diretor de Pesquisa da QS, Ben Sowter, acrescenta: "Embora o QS University Rankings: Latin America destaque a excelência regional dos principais países e dos emergentes, as universidades da América Latina ainda exibem um mau desempenho nos rankings globais. Não há qualquer universidade latino-americana entre as 50 melhores, nas áreas científica e tecnológica, no  QS World University Rankings by Subject de 2013. O ranking traz as 200 melhores universidades em 30 disciplinas. Apesar de umas poucas exceções notáveis, a maioria das universidades na região são carentes de recursos financeiros. E competir em uma escala global exige investimentos significativos".
"Embora haja campo para melhorar a competitividade global da educação superior e o impacto do rendimento das pesquisas, mudanças positivas ocorreram, porque o novo milênio e o futuro vão trazer oportunidades estimulantes para os países mais dinâmicos da região", conclui Sowter.
O Ranking de Universidades da QS: América Latina se baseia em sete critérios que cobrem pesquisa, empregabilidade dos formandos, recursos de ensino e presença na Web. Os resultados completos e a metodologia estão disponíveis em TopUniversities.com.
Fonte: Yahoo.com

Seja o primeiro a comentar

Blog Widget by LinkWithin

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger, Modificado por Leitura de Bolso

TOPO