sexta-feira, 1 de abril de 2011

Vírus de Computador


Há 40 anos, o primeiro vírus digital nascia. Não era danoso, mas era irritante. O “The Creeper” atacou primeiramente uma máquina IBM. Seu criador, um desenvolvedor chamado Robert Thomas Morris, se consagrou alguns anos depois como, talvez, a figura mais importante na história dos vírus cibernéticos. O Creeper, na verdade, só servia para provar a “habilidade” de Robert, pois não causava perigos à máquina infectada, apenas exibia na tela do usuário uma mensagem incessantemente: “Sou o Creeper, pegue-me se for capaz”. Para detê-lo, um antivírus, o “The Reaper”, foi lançado.

Em 1984, o ensaio inicial para essa nova cultura de infectar computadores, com ou sem o intuito maléfico, nasceu na empresa norte-americana Bell Computers. Robert Morris e mais quatro desenvolvedores criaram um jogo, chamado Core Wars, cujo objetivo final consistia em ocupar toda memória RAM do PC do adversário. No entanto, passados dois anos, a brincadeira virou coisa séria. Em 1986 começou a grande epidemia. Vírus de difusão em massa e, dessa vez, nocivos à máquina a ponto de destruir o sistema e/ou memória, começam a circular entre os computadores. Alguns exemplos são o Brain, Bouncing Ball e Maconha, que atacavam o sistema de inicialização do disquete, passando depois a infectar arquivos com extensão. exe e .com.

Fonte: Folha de PE

1 Comentário:

Frank Lucas disse...

Muito bom seu site parabéns, Estou sempre visitando ele por que gosto muito.





Novo Virus para computador foi detectado e assusta especialistas


Clique aqui para ver a noticia completa.  
 


.

Blog Widget by LinkWithin

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger, Modificado por Leitura de Bolso

TOPO