quinta-feira, 30 de junho de 2011

Produtividade X redes sociais: como não se dar mal no trabalho?


Sua mesa do escritório é uma zona de guerra, uma pilha de papéis, mil relatórios para fazer, mas você não resiste em dar uma checada nas redes sociais a cada cinco minutos do expediente, acertei? Facebook, Twitter, Orkut, Youtube e Foursquare, a vida social na internet não dorme e a sensação é de que qualquer tempinho longe dela vai te tornar o mais desatualizado dos seres.

Quando se tornam um vício, as páginas sociais na internet são grandes vilões da carreira. Enquanto você acompanha em tempo real que "fulano está em um relacionamento sério com ciclano" ou que "beltrano curtiu isto", a produtividade no trabalho cai e o emprego corre perigo. Pensando nisso, Christian Barbosa, especialista em administração do tempo e autor do livro "Dona do Seu Tempo", ensina dez dicas para fugirmos das armadilhas das rede sociais. Confira!

1 - Seja seletivo nas suas redes - Quantidade de redes não é qualidade. Para que participar de redes sociais que não sejam relevantes? O ideal é focar nas principais redes onde seus amigos e interesses estão localizados.

2 - Cancele e-mails de notificações - Todas as redes permitem configurar o aviso de recebimento de e-mails. O melhor é cancelar todos, assim você comanda a rede e acessa quando quiser, caso contrário vai ser difícil controlar a vontade de saber porque você foi "taggeado" na foto da sua amiga.

3 - Determine um foco nas redes - Crie uma estratégia para cada rede que você tiver, por exemplo, se você for utilizar o Twitter para fins profissionais, não misture com coisas pessoais. Muitas empresas utilizam as redes sociais na hora de contratar um profissional, cuidado! Evite fotos comprometedoras e não se queime no perfil, com fotos, textos e comentários.

4 - Determine horários - O problema não é o uso, mas os excessos. Utilize seus horários antes ou após o expediente e seu horário de almoço caso queira acessar as redes no trabalho para fins pessoais.

5 - Siga poucas pessoas, mas relevantes - Para que seguir gente que não tem nada a ver ou que o conteúdo se tornou irrelevante? Faça uma dieta de pessoas que você segue, repare nos próximos dias quem não tem agregado valor e simplesmente deixe de seguir esta pessoa.

6 - Utilize agregadores - Existem sites e softwares que permitem centralizar suas redes sociais ou atualizar a partir de um único post. O TweetDeck, por exemplo, permite atualizar Facebook, Twitter e Linkedin de uma só vez. Outro site bacana é www.threadsy.com que junta e-mails e suas redes em um só lugar.

7 - Seja relevante nas suas redes - As pessoas gostam de seguir pessoas que fornecem um conteúdo relevante na medida certa e com periodicidade. Aquele chato que "twitta" muito de uma vez só, acaba perdendo seguidores. E o que "twitta" posts dizendo que acordou de mau humor também não agrega.

8 - Aproveite seu tempo de espera - Para quem tem acesso à internet pelo celular, deve aproveitar o tempo de espera no consultório do médico, dentista ou no aeroporto. Que tal?

9 - Rede social não quer dizer tempo real - Não sinta-se obrigado a responder uma mensagem na mesma hora que a pessoa te enviou. Se fosse urgente de verdade, ela encontraria outra forma de falar com você.

10 - A vida existe lá fora - Não é porque a vida social é cada vez mais digital que você vai se esconder atrás de um computador em seus relacionamentos. É preciso reservar um tempo para estar junto com os amigos e família presencialmente!

Fonte: Click 21

Seja o primeiro a comentar

Blog Widget by LinkWithin

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger, Modificado por Leitura de Bolso

TOPO