terça-feira, 24 de abril de 2012

CQC é hostilizado por jornalistas em coletiva de Hillary Clinton


A turma do CQC se envolveu em mais um incidente durante uma cobertura jornalística. Desta vez foi Maurício Meirelles, hostilizado por jornalistas em Brasília, por causa de sua intervenção durante a coletiva da secretária de Estado norte-americanados Hillary Clinton. Meirelles brincou, gritou que amava Hillary e lhe ofereceu um charuto, “para se vingar de Bill”. A certa altura, deu uma máscara de carnaval a Hillary, que não chegou a receber o presente, mas pediu para uma assessora pegar. Aí alguns coleguinhas da mídia estrilaram, dizendo: “O que os americanos vão pensar dos jornalistas brasileiros?”. E passaram a ofender Meirelles.

Por pouco a coisa não foi para as vias de fato. Cláudia Bontempo, da Globo, chegou a formalizar uma queixa conta Meirelles. Tudo isso já foi veiculado na internet, mas hoje o CQC vai mostrar o motivo da confusão. Outra reportagem acompanha a instalação da CPI do Cachoeira. E no quadro “Proteste já”, Oscar Filho visita uma aldeia indígena guarani que se transformou em depósito de animais abandonados e maltratados.

Fonte: Diário de PE

Seja o primeiro a comentar

Blog Widget by LinkWithin

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger, Modificado por Leitura de Bolso

TOPO