quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Brasil é quarto mercado de telecomunicações mais rentável do mundo


O mercado de telecomunicações brasileiro é o quarto mais rentável do mundo, atrás apenas de Estados Unidos, Japão e China, segundo um relatório divulgado pela União Internacional das Telecomunicações, organização ligada à ONU, na semana passada.

Ao mesmo tempo, o brasileiro é um dos que pagam mais caro para utilizar serviços de banda larga fixa, telefone fixo e celular.

Segundo o estudo, em 2011, 4,1% da renda do brasileiro foi destinada para esses serviços. Em 2010, o índice foi de 4,7%. Com isso, o Brasil aparece em 93º no ranking que compara a relação do custo e benefício em cada país.

Para estipular o ranking, a UIT utilizou o preço máximo dos planos repassado pelas operadoras para a Anatel.

Levando em consideração apenas o custo para fazer chamadas celulares, o Brasil aparece 10% posição dos mais caros, com índice de 7,3% em relação à renda. Em 2010, ocupava a 16º posição – ou seja, subiu no ranking porque outros países baixaram seus preços.

Em relação ao telefone fixo, o país aparece na 42º posição. Em 2010, era o 44º.

O país avançou apenas no quesito banda larga. Em 2010, ocupava a 49º posição entre os mais caros. Fechou 2011 na 86º posição.

A lista geral de países onde o mercado das telecomunicações está mais desenvolvido é liderada, pelo terceiro ano consecutivo, pela Coreia do Sul, seguida da Suécia, Dinamarca, Islândia, Finlândia, Holanda, Luxemburgo, Japão, Reino Unido (o único país novo entre os 10 primeiros), e Suíça.

A principal conclusão do relatório é que o setor das telecomunicações "continua crescendo encorajado pela contínua queda dos preços dos serviços telefônicos e de banda larga de internet".

Segundo o relatório, que combina o preço das linhas telefônicas fixas, das linhas de móvel e dos serviços de internet de banda larga, o preço global das TIC caiu 30% entre 2008 e 2011, sendo que a maior queda de preço é relacionada aos serviços de banda larga de internet, 75%.

O relatório “Medindo a Sociedade de Informação” analisa o mercado em 161 países levando em consideração diferentes critérios.

Fonte: Info



1 Comentário:

Érik disse...

Sim , mas ainda está melhor do que alguns anos atrás quando "ao menos em SP" existia apenas uma operadora muito Viva, que cobrava o quanto queria e fornecia um serviço péssimo, dias inteiros sem conexão, hoje em dia podemos escolher com mais liberdade.

Bom não encontrei um formulário de contato então desculpe por postar via comentários.

Analisando o conteúdo do seu site, percebi a oportunidade de formarmos uma parceria.
O endereço do blog : http://gratistemaqui.blogspot.com.br
aguardo resposta pelo e-mail erik.tavares@hotmail.com


Blog Widget by LinkWithin

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger, Modificado por Leitura de Bolso

TOPO