quarta-feira, 6 de junho de 2012

#CPRecife e site são oficialmente lançados


Agora é oficial com palavras do Governo do Estado, Prefeitu­ra do Recife, organização nacio­nal, patrocinador master (Telefô­nica/Vivo) e Paco Ragageles, co-autor da ideia, repetindo; a Campus Party está chegando a Pernambuco. E o clima agora é de contagem regressiva. Entre os dias 26 e 30 de julho, no Centro de Convenções de Pernam­buco e no Chevrolet Hall, acontecerá o maior evento do ano para os geeks nordestinos e - por que não? - para os nerds do Brasil inteiro que queiram aportar por aqui para passar uma semana respirando tecnologia, ino­vação e internet. Em sua primeira edição brasileira fora de São Paulo, a Campus Party Recife vai receber cerca de 800 campuseiros, oferecendo mais de 200 ho­ras de conteúdo entre pales­tras, mesas redondas e workshops, e um link de internet de 5 Gbps.

“Por que não ir para a cidade mais inovadora do Brasil?”. Essa foi uma das perguntas que motivou Paco a realizar a edição pernambuca­na da Campus Party. A ideia começou a ganhar corpo a par­tir da Campus Party Brasil 5, realizada no início do ano em São Paulo. Durante o evento, a Fo­lha de Pernambuco adiantou o desejo de Paco em realizar uma segunda Campus Party anual no Brasil e, ainda naque­­la ocasião, o espanhol disse que Recife era uma das grandes candidatas.

A coletiva oficial do evento, realizada na tarde desta terça-feira (5), marcou o lançamento do site Campus Party Recife, que reúne todas as informações sobre o evento. Ainda na coletiva, Mario Teza, diretor geral da Futura Networks e organizador nacional da Campus Party, explicou que a nova edição será sustentada em quatro pilares: inovação, empreendedorismo, sustentabilidade e inclusão digital. Além dis­so, existirão quatro “cenários”: Galileu, Michelangelo, Pitágoras e Stadium. No Galileu, os temas abordados passarão pela robótica, modding, nanotecnologia, hacking, biotecnologia e hardware. No Michelangelo, ganham foco as artes digitais, mídias sociais e blogs.

Já no Pitágoras, os assuntos passam por desenvolvimento, sistemas operacionais, software livre, segurança e redes. Por último, o Stadium será uma área destinada aos games e simuladores. Além desses todos, ainda existirá o cenário principal, reservado para as maiores palestras e mesas redondas do dia, com enfoque especial para questões envolvendo regulação, desafios e avanços da internet, além de empreendedorismo.

A programação da 1ª Campus Party Recife ainda não foi fechada, mas a organização adiantou os nomes de Mike Combertine, engenheiro que atuou por mais de 40 anos na NASA, Bel Pesce, empreendedor brasileiro que está fazendo sucesso no Vale do Silício, e o bioartista brasileiro Eduardo Kac, responsável por algumas das mais polêmicas obras de arte da atualidade, como o coelho fosforecente.

Em relação à infraestrutura, serão criadas ou adaptadas condições para a realização do evento, principalmente no que diz respeito à conexão, com investimentos da ordem de R$ 9 milhões. O principal incremento será em redes de fibra ótica, investimento este que perdurará após o evento e poderá ser usada posteriormen­te. Já o espaço físico do Cen­tro de Convenções e Chevrolet Hall será dividido em três áreas. A Arena será onde os campuseiros montarão suas máquinas e participarão das atividades. O Camping será o local onde os acampados montarão suas barracas. Já a área Expo será a aberta ao pú­blico e receberá ações de inclusão digital, que têm como objetivo espera­do “ba­tizar” aproximadamente 3 mil pessoas no universo da tecnologia.


Fonte: Folha de PE

Seja o primeiro a comentar

Blog Widget by LinkWithin

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger, Modificado por Leitura de Bolso

TOPO