domingo, 12 de abril de 2009

Conheça o significado da Páscoa para cada religião do país


Para muitos, a Páscoa é vista apenas como uma celebração consumista. Quem não conhece a razão desta data pode se perguntar: "qual é a origem da Páscoa?"

O termo vem do latim pascae, além de ser encontrado como paska na Grécia Antiga e como pesach entre os hebreus. Como o Brasil é um país com diversas religiões e crenças, conheça como cada uma delas comemora o evento.

CATÓLICOS

Festa mais importante dos cristãos, representando a vitória sobre a morte. A Semana Santa assinala a morte e a ressurreição de Jesus Cristo, o filho de Deus.

A Quaresma, que começa na Quarta-Feira de Cinzas, abre a celebração com um período de preparação (penitência, jejum e oração). Os fiéis lembram durante 46 dias as provações e reflexões de Cristo durante a sua travessia de 40 dias no deserto.

Enquanto a Quinta-Feira Santa simboliza tanto a última ceia quanto a prisão de Jesus, a Paixão de Cristo é representada na Sexta-feira Santa. A noite de sábado tem vigília pascal e o domingo comemora a ressurreição do filho de Deus.

EVANGÉLICOS LUTERANOS

Não difere muito dos católicos. Existe a crença na ressurreição do corpo e da alma. O coelho é visto como símbolo da fertilidade e da vida. De forma alguma, a Páscoa é tratada apenas como uma festa comercial.

O jejum não é praticado. A comemoração é feita com cultos e peças, aproveitando o período para dar ênfase ao sacrifício de Cristo pelas pessoas.

EVANGÉLICOS PENTECOSTAIS

A Igreja Batista também acredita no fato que Cristo tenha ressuscitado. No entanto, o símbolo desta religião é o cordeiro, que representa o corpo de Jesus. O período marca a saída do povo egípcio do cativeiro e a entrada dele na terra prometida, o que significa uma situação nova, de libertação.

UMBANDISTAS

Não comemoram a Páscoa, ao contrário de outras datas do calendário católico. A crença não aceita a ressurreição, mas respeita os que acreditam.

ESPÍRITAS

Não festejam datas consagradas por outras religiões, porém respeitam as manifestações. O Espiritismo é isento de cultos, símbolos e rituais. Considera a vida de Jesus cheia de exemplos e que não há motivo para se fixar em sua morte.

A Páscoa ou Passagem denota a libertação dos hebreus, escravizados no Egito durante séculos. Para o Espiritismo, não houve ressurreição do corpo de Cristo, por ser cientificamente impossível. Acredita-se que houve uma aparição do corpo espiritual, algo natural para a religião.

JUDEUS

Celebra a fuga dos judeus do Egito. Pessach, como é conhecida a Páscoa dos israelitas, significa a "passagem" do estado de escravatura ao estado de liberdade. A festa dura oito dias e começa com o Seder (ordem), um jantar religioso que recorda a última noite passada no Egito.

Após a leitura das Sagradas Escrituras, o jantar é servido de ervas e raízes, que simbolizam a miséria em que viviam os judeus, e de Keará, um prato que inclui um osso queimado - referência ao cordeiro, última refeição dos hebreus antes de abandonarem o Egito.

Durante os oitos dias (em Israel são sete dias), o alimento básico é Mata (pão ázimo, não fermentado e de forma achatada), que simboliza o sofrimento dos hebreus no Egito.

Edmo Jr

Fonte: Click21

Blog Widget by LinkWithin

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger, Modificado por Leitura de Bolso

TOPO